domingo, abril 11EDITOR : LUIZ CARLOS DE OLIVEIRA - TEL./WHATSAPP: (12) 99779-7700
Shadow

São José dos Campos ultrapassa 900 mortes por Covid-19

Cidade teve quatro novos óbitos neste sábado (20) e chegou a 902 vítimas fatais da doença. Região tem 3,4 mil mortes por Covid-19. São José dos Campos ultrapassou neste sábado (20) a marca de 900 mortes por Covid-19 na cidade. A informação foi divulgada pelo boletim epidemiológico da Secretaria de Saúde. Com a marca, a cidade passa a ter o maior número de mortes de todo o Vale, litoral e região bragantina. De acordo com a prefeitura, são 902 pessoas mortas em decorrência do novo coronavírus. Somente neste sábado, a pasta confirmou quatro novos óbitos. A cidade já havia tido o ano mais mortal da história em 2020, quando, em um ano, foram registradas 4,9 mil mortes. O maior número registrado nos cartórios da cidade desde 2003, quando passaram a fazer o recorte dos dados por óbitos.
Ao todo, são 51 mil casos confirmados da doença na cidade, com mais de 180 pessoas internadas para o tratamento em hospitais, entre rede pública e privada. São José dos Campos tem cerca de 80% dos leitos disponíveis para o tratamento da Covid, entre UTI e enfermaria, ocupados. Bragança bate recorde de mortes por Covid-19, com 54 óbitos em março
Mortes na região
O número reflete a aceleração na curva de mortes na região. Ao todo, são 3,4 mil mortes em todas as 46 cidades. De acordo com os dados do governo estadual, nesta semana, o Vale do Paraíba e Litoral Norte registraram 146 mortes – uma alta de 66% com relação a última semana. O número se aproxima do recorde de óbitos, registrado entre 7 e 13 de fevereiro, quando 155 pessoas morreram em sete dias. A alta no índice era prevista por especialistas. De acordo com o pesquisador que estuda a evolução da doença no estado de São Paulo, Wallace Casaca, a crescente de casos de fevereiro, somada a pressão no sistema de saúde pública com hospitais sem leitos, levaria a um número maior de óbitos.
Estoque de medicamentos para intubar pacientes está em níveis críticos em São Sebastião
Recorde de internações
A região ainda bateu neste sábado (20) um novo recorde de internações em um só dia, com 177 pessoas hospitalizadas. O número é 11% maior que o último maior índice, quando 160 pessoas foram internadas em 24 horas.
Segundo o Departamento Regional de Saúde, a região tem 493 leitos de UTI ocupados, dos 592 disponíveis para o tratamento da doença. Uma taxa de 83% de ocupação. Cidades como São Sebastião, Bragança Paulista, Cruzeiro e Aparecida não tem mais vagas para os pacientes. Em Taubaté e Jacareí as enfermarias bateram 100% da capacidade.

Comentário

  • Com o aumento do número de morte e casos confirmados de COVID-19, não só em São Paulo, mas em todo o país, é necessário manter as medidas restritivas e preventivas por mais algum, pelo menos até que se verifique o achatamento da curva epidêmica na região, para evitar uma propagação ainda maior dessa doença e a consequente explosão de casos simultâneos, o que representaria o caos, sobrecarregando hospitais já tão carentes de leitos e suprimentos médicos essenciais.

    O afrouxamento das regras de distanciamento social e demais medidas restritivas e preventivas põe em risco a vida de toda a população. Risco de morte!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *