Grupo faz protesto em São José dos Campos contra morte de homem negro em supermercado no RS

Via Vale Notícias


João Alberto Silveira Freitas, de 40 anos, foi morto por asfixia, segundo análise inicial. Homem foi espancado por dois seguranças brancos. Os suspeitos tiveram prisão preventiva decretada. Grupo faz protesto em São José dos Campos contra morte de homem negro em supermercado no RS
Danilo Sardinha/ G1
Um grupo de cerca de 150 pessoas faz um protesto desde a tarde desta sexta-feira (20), Dia da Consciência Negra, contra a morte de um homem negro que foi espancado em uma unidade do Carrefour em Porto Alegre (RS) por dois seguranças.
João Alberto Silveira Freitas, de 40 anos, foi morto por asfixia, segundo análise inicial. Ele foi espancado por dois seguranças brancos nesta quinta-feira (19). Os suspeitos tiveram prisão preventiva decretada.
FOTOS: as manifestações pela morte de homem negro em supermercado de Porto Alegre
Em São José dos Campos o ato foi organizado pela união de diversos grupos do movimento negro, como a Frente Preta São José, o coletivo Nandi, entre outros grupos. O protesto foi pacífico, começou por volta das 17h20 e até às 19h50 o grupo seguia no local.
O Carrefour foi procurado pelo G1, mas não retornou o contato até a publicação da reportagem.
Grupo faz protesto em São José dos Campos contra morte de homem negro em supermercado no RS
João Vitor/ Arquivo pessoal
Veja mais notícias do Vale do Paraíba e região bragantina Grupo faz protesto em São José dos Campos contra morte de homem negro em supermercado no RS
João Vitor/ Arquivo pessoal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *